terça-feira, 14 de junho de 2011

30º Fazer a Festa - a Evocação


Todos sabem: o Fazer a Festa este ano já não vai ser. E era a 30ª edição. Já não vai ser não porque os seus promotores desistiram, porque a cidade e o país não precisam, porque o seu "espaço" cessou de existir. Pelo contrário, nos últimos anos já só houve Fazer a Festa pela insistência, persistência, teimosia, investimento dos seus organizadores, o Teatro Art'Imagem, graças às redes de parcerias artísticas e cumplicidade que sempre fomentaram.
A redução de investimento da administração central ditou o desaparecimento de concursos autónomos para apoio a Mostras e Festivais e na fusão, principalmente no que não é Lisboa e arredores, ficaram a perder as "entidades mistas", que além da produção/criação têm também actividade de programação. Em simultâneo, tomou posse da gestão da cidade do Porto uma autarquia com horror à arte que "fez o resto". Chega agora ao cúmulo de não ceder o auditório da Biblioteca Almeida Garrett "porque já tem programação prevista", de não responder sequer a um pedido de cedência de espaço nos jardins do Palácio de Cristal. E pelo meio foi o Art'Imagem aquela entidade que se recusou a assinar um protocolo em que a CMP incluía a tristemente famosa cláusula de restrição da liberdade de expressão. O histórico pode ser consultado aqui.

Por toda a coragem e verticalidade, por todo o trabalho e persistência, pelo Fazer a Festa, a direcção da Plateia convida todos a estar na Evocação da Festa que hoje começa. A partida é no Palácio às 15h30, de onde seguirá até aos Leões com paragem no Museu Nacional Soares dos Reis.

Vamos agradecer ao Teatro Art'Imagem!

Sem comentários:

Enviar um comentário