quarta-feira, 23 de março de 2016

Afinal - para o Apoio às Artes - o Governo PS é igualzinho ao Governo PSD/PP


Em 2015 a PLATEIA reuniu com todos o grupos parlamentares solicitando a inscrição plurianual da despesa de Apoio às Artes 2017-2020 já no orçamento de 2016. Esta medida não teria qualquer impacto no volume da despesa mas permitiria acabar com o caos no setor provocado pelo sucessivo atraso na abertura de concursos.

Infelizmente para o governo do Partido Socialista - e apesar de todos os votos de empenho assegurados durante o último ano - esta questão vale tanto como para o anterior governo PSD/PP, ou seja não vale nada, pelo que a Lei do Orçamento de Estado de 2016 não a incluiu.

Continuaremos portanto a ter concursos a abrir em dezembro e prolongando-se até meados do ano a que respeitam, na mais absoluta desconsideração por todos aqueles que prestam este serviço público, sabotando qualquer possibilidade de boa gestão dos recursos dos contribuintes e numa chocante humilhação dos trabalhadores que, ao longos dos primeiros semestres, são forçados a exercer atividade sem garantia de remuneração.

Afinal - para o Apoio às Artes - o Governo do Partido Socialista é igualzinho ao Governo PSD/PP.

Sem comentários:

Enviar um comentário