terça-feira, 3 de maio de 2016

PLATEIA lança em Portugal o movimento 2030 Alliance for Culture and the Arts.

Como vai ser a nossa vida em 2030?

Não sabemos. Mas o que sabemos é que algumas das decisões que a vão condicionar estão a ser tomadas neste momento e poucos sabem disso. Poucos sabem que as prioridades da União Europeia para 2020-2030 estão agora a ser definidas. E menos ainda são os que sabem que nos textos iniciais não há uma palavra sobre Cultura e Artes. E o problema é que serão estas prioridades a condicionar não só as políticas europeias mas também as políticas nacionais... portanto não vai ser daqui a 10 anos que se poderá mudar alguma coisa... ou se muda agora ou se espera até 2030, sentados de preferência.

Uma semana antes da comemoração do Dia da Europa – 9 de maio – a PLATEIA lança em Portugal o movimento 2030 Alliance for Culture and the Arts.

Trata-se de um apelo – em cuja reflexão e redação participámos ao longo de 2015 – para que os decisores políticos repensem a Europa, incluindo a Cultura e as Artes nas prioridades estratégicas de longo prazo do projeto europeu. Deste modo a UE reconheceria o papel essencial da Cultura e das Artes no desenvolvimento das sociedades europeias. O movimento foi lançado, à escala europeia, em 19 de abril, em Bruxelas, aquando da entrega do apelo ao Comissário Europeu da Cultura, Tibor Navracsics.


Mais informações e subscrições do movimento em https://allianceforculture.com/

Sem comentários:

Enviar um comentário