reação aos resultados do apoio às artes, junto do Primeiro Ministro

A 16 de Setembro, a Plateia desafiava os seus membros e amigos a adivinharem qual a razão para o atraso na divulgação dos apoios sustentados.

E eis que hoje, 5 dias depois das eleições legislativas, descobrimos a resposta. 

São finalmente publicados os resultados provisórios  dos apoios sustentados, na área TEATRO , que deixam MAIS DE METADE DOS CANDIDATOS SEM FINANCIAMENTO, situação muito grave, para a qual o próprio júri pede uma solução. 

E, lendo as atas publicadas, torna-se ainda evidente que júri terminou as suas deliberações a 27 de agosto, tendo a Direção-Geral das Artes e o Ministério da Cultura RETIDO ESSAS DELIBERAÇÕES durante mais de um mês, até à realização das eleições, atrasando a vida e programação das companhias candidatas, e não tendo a senhora Ministra da Cultura pejo em atribuir as culpas do atraso ao júri, denegrindo o seu trabalho, e mentindo ao público e às companhias que tutela.

E agora, senhor primeiro-ministro António Costa?

Será que sempre vamos ver realizadas as suas promessas de amor à Cultura?

Será que vai manter uma ministra que não hesita em faltar à verdade às entidades que tutela, aos eleitores e à comunicação social?

Comentários

Publicar um comentário

Mensagens populares