Coronavirus Response Investment Initiative

Senhor Presidente da República, Senhor Presidente da Assembleia da República,Senhor Primeiro-Ministro,  Senhora Ministra da Cultura,

O setor cultural - em particular, as artes performativas - foi o primeiro a sofrer com as medidas de resposta ao surto de COVID-19, embora provavelmente não venha a ser um dos últimos a retomar as suas atividades regulares, quando estas medidas forem aliviadas.
A crise atual tem um efeito muito prejudicial no ecossistema já extremamente vulnerável deste setor. Além disso, para muitas organizações e profissionais das artes, esta crise ocorreu numa época crucial do ano, quando uma parte substancial do seu rendimento anual seria obtida.
O nosso país vai beneficiar da Iniciativa de Investimento de Resposta ao Coronavírus da União Europeia cujos termos foram explicados ao governo português e podem ser lidos aqui
Como a cultura e as artes estão entre os setores mais afetados pela crise atual, solicitamos que eles recebam apoio através deste instrumento o mais rapidamente possível.
A cultura e as artes representam um recurso social vibrante, possuem um enorme valor intrínseco e contribuem para a economia. Esperamos, por isso, que faça todo o possível para proteger este setor crucial da devastação total. Sugerimos a leitura das recomendações do IETM (International network for contemporary performing arts) para medidas adicionais.

[EDIÇÃO POSTERIOR: a carta que fixa o valor atribuído a Portugal, em 390 milhoes de euros, pode ser lida aqui] 

Comentários

Mensagens populares