Plateia pede esclarecimentos sobre a suspensão do projecto "Cultura para Todos"

Durante a última semana a Plateia foi informada através da comunicação social e dos seus associados de que o projecto Cultura para Todos está suspenso. Este programa, financiado por fundos europeus e desenhado no âmbito de um conjunto de políticas para a coesão social dos territórios, financiaria o actividade cultural e artística na sua articulação com os municípios e comunidades intermunicipais, abrindo possibilidades de criação de emprego dentro e fora dos grandes centros urbanos.
Por outro lado, os destinatários deste programa, os territórios de baixa densidade, as comunidades socialmente excluídas, as pessoas com deficiências e incapacidades, têm aqui uma oportunidade de usufruir de um direito, o direito à cultura.
Em declarações ao Jornal Expresso de dia 16 de maio de 2020, a Sra. Ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa, informava que estes projectos não poderiam avançar enquanto não se descobrisse uma vacina por trabalharem com pessoas que podem pertencer a grupos de risco.
Alertámos para a gravidade da afirmação pelos seguintes motivos: 

1- Sugerem-se aqui cortes ao financiamento a actividades culturais num contexto em que os trabalhadores deste sector estão particularmente vulneráveis, sem protecção social e sem actividade. 
2- O enorme perigo de, através do cancelamento deste projecto, isolar ainda mais cidadãos que estão já identificados como socialmente excluídos.
3- O desrespeito pelos coordenadores dos projectos e da sua capacidade de adaptação às circunstâncias actuais.  
4- A grande maioria dos projectos estavam já em fase avançada de trabalho e de contratualização.

A Plateia enviou no dia 22 de maio de 2020 um pedido de esclarecimento ao Sr. Primeiro Ministro, à Sra. Ministra da Cultura e à Sra. Ministra da Coesão Territorial.

Comentários

Mensagens populares