Mensagens

Novos órgãos sociais

Foram ontem eleitos os órgãos sociais da PLATEIA para o biénio 2024/2026: DIREÇÃO Sara de Castro Luna Rebelo Ruy Malheiro Carolina Serrão Cláudia Berkeley Raquel André Amarílis Felizes MESA DA ASSEMBLEIA GERAL Sara Barros Leitão Rita Pinheiro Alice Prata Teresa Arcanjo CONSELHO FISCAL Carlos Costa Marta Lima João Oliveira João Delgado Lourenço

Carta sobre a publicação da Declaração Anual da DGArtes 2024

No passado dia 6 de fevereiro, a Ação Cooperativista , a Acesso Cultura , a AAVP - Associação de Artistas Visuais em Portugal , a Performart , a P LATEIA e a REDE - Associação de Estruturas para a Dança Contemporânea endereçaram ao Sr. Ministro da Cultura, Pedro Adão e Silva, e ao Sr. Diretor-Geral das Artes, Américo Rodrigues, a carta que abaixo transcrevemos e da qual não obtivemos resposta. "Ao cuidado de Pedro Adão e Silva, Sr. Ministro da Cultura, e de Américo Rodrigues, Sr. Diretor Geral das Artes, A Declaração Anual da DGArtes, onde constam os programas de apoio às artes e respetivos prazos de abertura e montantes em cada ano, é um recurso fundamental para o setor artístico. O artigo 8º do Decreto-Lei nº 103/2017 de 24 de agosto, que aprova o regime de atribuição de apoios financeiros do Estado, através da DGARTES, a entidades que exerçam atividades profissionais nas áreas das artes visuais e performativas, prevê a publicação, por parte da DGartes, anualmente, até ao máxi

És estudante e queres fazer parte da PLATEIA?

A partir de agora é possível! Se ainda não és profissional da área das artes performativas, mas tens mais de 16 anos e estás a frequentar um curso na área do teatro, da dança, da música ou do circo, já podes fazer parte da vida activa da PLATEIA. Sabe mais aqui e inscreve-te neste link .

Ainda vamos a tempo de um reforço de verbas dos Apoios a Projetos da DGArtes

Depois de inexplicáveis atrasos de meses na abertura dos concursos para Apoio a Projetos; depois de a PLATEIA ter alertado para a absoluta necessidade de se reforçar a verba destes concursos; depois dos atrasos - igualmente de meses - na comunicação de resultados provisórios, eis que ontem, dia 31 de Julho de 2023, foram finalmente revelados os resultados provisórios dos Apoios a Projeto, na área da Criação. E aconteceu aquilo que prevíamos e que oportunamente comunicámos, desde logo em reunião presencial com o Sr. Ministro da Cultura e o Diretor-Geral das Artes no dia 4 de janeiro e várias vezes depois disso. Estes resultados provisórios - ontem ficámos a conhecer o último, o de criação - são devastadores, tal como seria de esperar tendo em conta a verba claramente insuficiente e desfasada daquilo que é o natural crescimento e a forte dinâmica do sector artístico. Comprova-o a enorme discrepância entre a excelente pontuação atribuída pelo júri do concurso a centenas de projectos e o e

COMUNICADO - Atrasos da DGArtes são incomportáveis

Imagem
Os atrasos na abertura e na divulgação de resultados dos concursos de Apoio às Artes pela Direção Geral das Artes tornaram-se um problema crónico, que coloca em causa a execução dos projetos e suas atividades, defrauda expectativas dos candidatos e ameaça postos de trabalho. A PLATEIA tem vindo a alertar ao longo dos anos, publicamente, junto da comunicação social e em todas as oportunidades que tem junto do governo e representantes políticos (seja em reuniões com a Direção Geral das Artes, com o Ministério da Cultura, Grupos Parlamentares, ou audições na Assembleia da República) que a Direção Geral das Artes necessita de um reforço de recursos humanos para que possa dar resposta ao volume de trabalho existente. Sabendo que atualmente são escassos e reconhecendo o trabalho e a dedicação dos funcionários da DGArtes, não podemos, no entanto, continuar a aceitar os sucessivos atrasos que ultrapassam - às vezes em meses - todos os prazos legais. Estamos a 28 de julho de 2023 e ainda não há

Apoio a Projectos - Programação: apenas 24% das candidaturas apoiadas

No final da semana passada, foram anunciados os resultados dos Apoios a Projetos na área da Programação. Em 383 candidaturas, apenas 92 foram apoiadas, traduzindo-se em apenas 24% dos projetos com apoio. Ao analisar a listagem de candidaturas, é fácil de perceber que muitos dos projetos que foram a concurso tinham já ficado de fora dos Apoios Sustentados Bienais. Logo no início do ano, a PLATEIA alertou o Ministro da Cultura e o Diretor-Geral das Artes para este cenário, caso não houvesse um reforço de orçamento no Apoio a Projetos. Sabendo que houve 831 candidaturas de Criação admitidas, prevemos uma situação ainda mais complicada em Julho, quando forem anunciados os resultados. O reforço financeiro ao programa de Apoio a Projetos não pode esperar pelo próximo ciclo de apoio! É urgente, necessário e totalmente possível que este reforço seja feito a esta edição do programa de Apoio a Projetos em todos os concursos: Internacionalização, Programação, Criação e Simplificado. Ler notícia